Do lixo também nascem flores


“Do lixo também nascem flores” é um projeto dentro do Cidades Invisíveis que visa espalhar lixeiras na forma de toneis de óleo grafitadas por artistas e crianças das comunidades, formando o desenho a figura de personagens criativos. A “boca” funciona como a entrada e saída do lixo, podendo ser um grande sorriso ou apenas uma grande boca aberta de espanto. Tudo depende da criatividade dos artistas e das crianças. É uma forma criativa de despertar a consciência ambiental de crianças e adultos, usando a arte e a agricultura como inspiração. Reduzir o lixo a partir do aumento de lixeiras pelas comunidades, conscientizar os moradores e refletir sobre nossa condição e no que ela pode se transformar. Nossa proposta é mostrar que não importa onde estivermos, na situação em que nos encontrarmos, é possível que coisas boas aconteçam e surjam infinitas possibilidades e caminhos para sermos melhores.

Inauguramos o projeto em parceria com Fernando Roncato, do Solo Orgânico e Dani Suzuki, durante o evento ARTCORE, no Rio de Janeiro.

NOS ACOMPANHE NAS REDES

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

© 2012 ~ 2020 Projeto Cidades Invisíveis

Todos os direitos reservados

With love bialthoff.com